‘Devo, não nego; pagarei assim que puder’, diz Guedes sobre precatórios

23

A proposta do Governo é pagar até R$ 66 mil em 2022 e parcelar o restante em dez anos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 2, que o Estado brasileiro não tem capacidade para o pagamento dos precatórios, valores devidos a empresas e pessoas físicas após sentença definitiva na Justiça, programados para 2022. Mas, segundo ele, propor o parcelamento de parte dessas dívidas em até dez anos não é um calote. “Devo, não nego; pagarei assim que puder”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here