Deputado federal Idilvan Alencar ratifica seu apoio à inclusão do cargo de Auditor Adjunto no concurso da Sefaz

298

A realização de concurso público para o provimento de cargos da Sefaz foi o tema da reunião entre o deputado federal Idilvan Alencar (PDT) e diretores do Sintaf, em seu gabinete, na manhã desta sexta-feira (05/02). Na oportunidade, a Diretoria Colegiada salientou a importância do Auditor Fiscal Adjunto dentro da estrutura da Sefaz e destacou os prejuízos à atividade de fiscalização com a possível exclusão do cargo no edital do próximo concurso.

Os diretores enfatizaram, ainda, que os 518 Auditores Adjuntos em atividade representam 42,6% do quadro total de servidores ativos da Sefaz. No entanto, a oferta de novas vagas se faz necessária porque muitos estão próximos à aposentadoria, já que o último concurso para o cargo aconteceu em 1989, há 32 anos.

Por sua trajetória, o deputado Idilvan Alencar é exemplo da eficiência e capacidade dos Auditores Adjuntos. Oriundo do concurso da Sefaz de 1989, foi coordenador de arrecadação estadual entre os anos de 2001 a 2003. Permaneceu na função até ser convidado para a Secretaria de Planejamento do Ceará, onde desempenhou seus trabalhos de 2003 a 2006. Também atuou como Secretário Executivo e Adjunto da Secretaria da Educação (Seduc) entre 2007 e 2014. Dois anos depois, em 2016, assumiu como Secretário titular da Pasta da Educação. Em 2019, foi eleito para o primeiro mandato na Câmara dos Deputados.

Na reunião, em vista dos argumentos apresentados pelo Sintaf, o parlamentar ratificou seu apoio à inclusão do cargo de Auditor Fiscal Adjunto no edital do concurso da Sefaz, reconhecendo a importância destes servidores para a atividade de fiscalização.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here