Coronavírus: Reabertura precisa ser executada com cuidados

167

As autoridades da Saúde Pública do Estado e de Fortaleza esperam que o feriado prolongado, aprovado ontem pela Câmara Municipal, encerre o período de isolamento social rígido, que perdura desde o dia 8 de maio, com uma desaceleração significativa nos índices de contaminação pelo coronavírus. Ao fim desta semana, os dados epidemiológicos de contaminação e de mortes tendem a ter um reflexo maior das medidas duras adotadas no início deste mês para conter a pandemia. A Capital acumula mais de 20 mil infecções confirmadas com 1,7 mil mortes, mas os casos vêm se aproximando da estabilização. Até por isso, o Estado começa a falar no retorno da atividade econômica, que deve ser anunciado nesta quarta ou, no máximo, quinta-feira (28).

Moderação e ciência

Não é demais lembrar que, entre o domingo (17) e o sábado (23), foram 694 mortes no Ceará, contra 552 da semana imediatamente anterior, uma alta de 25,7%. Ou seja, o Estado registra uma clara desaceleração, mas ainda tem crescimento de uma semana para outra. Diante disso, duas conclusões: a primeira, e mais óbvia, é que não dá para descuidar, uma grande parte da sociedade ainda está suscetível aos vírus. A segunda é que a retomada da atividade econômica precisa ser estratégica, com base em critérios de saúde. A construção civil deve ser um dos primeiros setores liberados.

Fique em casa

Na Câmara Municipal, durante a sessão virtual que aprovou a antecipação dos feriados, alguns vereadores se perguntavam o motivo de os dias escolhidos terem sido quarta e quinta, ao invés de quinta e sexta. Um dos argumentos era evitar incentivar famílias a viajar ao interior no período. O momento é de focar no isolamento social para tentar conter o crescimento da curva. A maior parte concordou com o argumento e o projeto passou com tranquilidade.

Livre da cassação

Em decisão dividida, o deputado estadual teve o mandato preservado pelo TRE-CE. Na véspera do julgamento, o parlamentar havia, inclusive, reforçado o time de sua defesa. No fim, venceu a tese de aplicação de multa no valor de R$ 80 mil individualmente para ele e a esposa, prefeita de Camocim, Mônica Aguiar. Ainda cabe recurso da decisão. A defesa ainda deve recorrer da multa imposta.

O Senado Federal decidiu que só irá tratar de possível adiamento das eleições deste ano em junho, após ter um quadro mais real de como se comportará a pandemia do coronavírus no País. Na próxima sexta, um grupo de senadores fará visita ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, para discutir possibilidades em relação a isso.

O partido Podemos entrou com um mandado de segurança para que a Justiça determine que o Estado inclua no seu protocolo o uso recorrente da cloroquina e da hidroxicloroquina para pacientes no tratamento inicial da Covid-19, conforme protocolo do Ministério da Saúde. A medicação, segundo estudos de diversos países, não tem eficácia comprovada no tratamento da Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here