Conselheiros fiscais eleitos agradecem votação expressiva e enaltecem participação da categoria

79

Antonio Ferreira de Miranda, Jucélio Praciano Rodrigues de Sousa e Antonio Alves Brasil foram eleitos para atuar no Conselho Fiscal do Sintaf no triênio 2024-2027. Por sua representatividade junto à categoria, cada um recebeu mais de 100 votos dos colegas fazendários, assumindo a responsabilidade de fiscalizar as contas do Sindicato e contribuir com sugestões para a boa gestão e transparência da entidade.

Os conselheiros suplentes eleitos foram Felipe Gondim Melo, Lauro Sodré Gomes Neto e José Rivaldo Sobreira de Oliveira, compartilhando da mesma missão.

Lotado no Posto Fiscal de Aracati, Antônio Ferreira de Miranda possui uma longa história de contribuição às lutas do Sintaf, participando de diversas gestões, inclusive como diretor de Organização.

Reeleito para o Conselho Fiscal, Miranda exalta as eleições do Sintaf como um momento de grande participação da categoria. “Eu acompanhei o interesse das pessoas em conhecer as propostas das chapas e votar. A eleição é um momento de debate, em que a categoria olha para as suas condições atuais, para o seu futuro e para a Fazenda como um todo”, destaca.

O conselheiro parabeniza ambas as chapas pelo debate equilibrado e, em especial, à chapa 1 pela vitória. “Agradeço os votos recebidos e também aos meus colegas eleitos para o Conselho Fiscal; enfatizo a importância do movimento como um todo, pois convocou a categoria a participar”, afirmou Miranda.

Trabalho e engajamento para conquistar os pleitos

Jucélio Praciano é lotado no Núcleo Setorial de Produtos Automotivos da CESEC e agradece, mais uma vez, a confiança da categoria em seu trabalho como conselheiro fiscal. Ele, que também possui um histórico relevante de atuação junto ao Sintaf em gestões anteriores, parabeniza a categoria fazendária pela participação massiva nas eleições do Sindicato.

Para ele, ambas as chapas estão de parabéns. “À chapa vencedora, eu desejo sorte e sucesso nesse novo triênio. Na diretoria há muitos desafios, temos muitas questões a serem resolvidas, como a Lei Orgânica, o auxílio saúde, a VPNI a ser incorporada, dentre outras. Há necessidade de um trabalho intenso do Sindicato e envolvimento da categoria fazendária no sentido de conquistarmos esses pleitos”.

Construção da representatividade sindical

Lotado na Cexat Juazeiro do Norte, Antonio Alves Brasil foi o terceiro candidato mais votado para o Conselho Fiscal. Conforme ele destaca, os filiados e filiadas ao Sintaf, em mais um gesto democrático que fortalece a instituição, deram um exemplo importante de como construir a representatividade sindical de forma legítima.

“Sou grato pela participação de todos(as) os(as) colegas fazendários(a) que participaram desse momento histórico do nosso Sindicato. Renovo o meu compromisso na condição de conselheiro fiscal eleito de desempenhar a missão que foi a mim confiada com atenção e diligência para que os interesses de nossa categoria sejam sempre nossa constante busca”, garante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here