Ceará deve receber novo parque de energia solar com investimento de R$ 141 milhões

115

O empreendimento deverá contar com 5 projetos no Estado, devendo ser gerados mais 500 empregos na fase de construção e mais de 120 na fase de operação

Um novo projeto de energia solar no Ceará deverá contar com um investimento de cerca de R$ 141 milhões para um parque de produção. A informação foi confirmada pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), que aprovou a consulta prévia para o financiamento do projeto de um parque. Ao todo, devem ser financiados R$ 84,5 milhões pelo Fundo de Desenvolvimento do Nordeste da Sudene (FDNE).

O investimento total, de R$ 141 milhões, será destinado para a construção de 5 parques energéticos pela empresa Lightsource (Milagres I, II, III, IV e V Geração de Energia LTDA). A expectativa é que sejam gerados cerca 540 empregos durante a fase de implantação e construção, e mais 125 oportunidades quando o parque estiver em plena operação.

Segundo a Sudene, a aprovação da consulta prévia é o primeiro passo para a concessão do financiamento, que para a Coordenação-Geral de Fundos de Desenvolvimento e de Financiamento (CGDF) deve impulsionar um setor que tem ganhado força no mercado. Em nota, a CGDF afirmou que o apoio da Sudene ao mercado de energias renováveis seria “não apenas por manter o perfil sustentável do sistema elétrico brasileiro, mas também por contribuir para a perspectiva de custos de operação mais baixos no futuro”.

Matriz energética

Segundo a CGDF, a composição da energia solar na matriz energética brasileira passou de 1,2% em 2019 para 1,87% me março de 2021. Ao todo, são 3,29 GW de potência instalada em operação e 1,22 GW de parques em construção.

A Coordenação-Geral ainda cita que, pelos planos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), há uma expectativa de um incremento de até 7 GW na matriz até 2029, seguindo o Plano Decenal de Expansão Energética-2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here