Camilo aciona o STF para liberar doses da vacina Sputnik V

86

O governador Camilo Santana (PT) comunicou nesta segunda-feira (12) que entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize a liberação das 5,87 milhões de doses da vacina Sputnik V já adquiridas pelo Governo do Estado. A compra foi realizada diretamente junto ao Fundo Soberano Russo, pontuou o gestor.

FOTO DIVULGAÇÃO

“A Sputnik V já é utilizada em cerca de 60 países, com eficácia de 91,6%. Iremos a todas as instâncias possíveis para que as vacinas que adquirimos cheguem o mais rápido possível para imunizar nossa população”, disse ainda Camilo, sobre a operação da qual participaram, além do Ceará, mais oito estados, que haviam pedido autorização excepcional para importar a vacina.

A Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) já aprovou a compra do imunizante, no último dia 16 de março, quando aprovou o projeto de lei 33/2021, do Poder Executivo. De acordo com artigo 2º do projeto, o Executivo fica autorizado, por meio de decreto, transpor, remanejar, transferir ou utilizar, total ou parcialmente, as dotações aprovadas na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021, bem como criar novas ações orçamentárias de forma a adequar a estrutura vigente para atingir o objetivo da lei.

A operação, feita junto à empresa Limited Liability Company “Human Vaccine”, foi realizada pelo Governo do Estado com o intermédio do Consórcio Nordeste, do qual integram todos os estados da região. Os governadores desses estados têm atuado para encontrar novos meios de adquirir imunizantes para dar prosseguimento a seus respectivos planos de vacinação. Trata-se de iniciativa semelhante à empenhada também pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que reúne 412 gestores no Brasil inteiro, incluindo o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), e outros prefeitos cearenses.

O Estado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here