Arrecadação estadual cai pelo 2º mês consecutivo

217

O levantamento identifica a queda no consumo da gasolina e as compras on-line como causadores da queda na arrecadação

A Secretaria da Fazenda ainda fecha números de fevereiro, mas dados preliminares já apontam para algo nada favorável: deverá ser, assim como foi em janeiro, mais um mês de queda na arrecadação. A pandemia ainda pesa, mas outros fatores também influenciam na baixa, segundo a titular da pasta, Fernanda Pacobahyba. Entre esses fatores, ela cita a queda no consumo dos combustíveis, com preços nas alturas, por conta do congelamento da alíquota do ICMS no segmento, o que só contribui para aumentar a arrecadação do Governo Federal. Há, ainda, um fator, de acordo com a secretária: as compras on-line não deixam os impostos para o Estado. “Por mês, estamos perdendo cerca de R$ 40 milhões por conta dessa situação. Tentamos reverter no Congresso, mas o lobby sulista é muito forte”, ressalta a titular da Sefaz.

Fonte: O POVO – Eliomar de Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here