8 de Março: Um dia para dar voz e valorizar as mulheres

407

Segundo os registros históricos, no dia 08 de março de 1917 cerca de 90 mil operárias russas percorreram as ruas reivindicando melhores condições de trabalho e de vida, ao mesmo tempo que se manifestavam contra as ações do Czar Nicolau II. Esse evento, que deu origem à data, ficou conhecido como “Pão e Paz”. Isso porque as manifestantes também lutavam contra a fome e a Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Vários acontecimentos levaram à criação de um dia especial para as mulheres. Um deles foi o incêndio numa fábrica de camisas em Nova York, ocorrido em 25 de março de 1911, que mataria 146 pessoas, dessas 129 mulheres. O número de vítimas se explica pelas péssimas condições de trabalho e porque uma porta estava fechada para impedir a fuga das trabalhadoras.

A sociedade de hoje já começa a entender que “os espaços da mulher na sociedade devem ser os mesmos ocupados pelos homens”. Mas, na prática, não é fácil chegar lá. Nosso mundo ainda é muito machista e as mulheres continuam tendo que provar, dia após dia, do que são capazes. E no meio do caminho há muitas pedras – seja assédio, descrédito, piadas, entraves. Mas elas ousam sonhar e enfrentar cada não, cada obstáculo. Reerguem-se, enfrentam e vencem.

Nos cargos de gestão, as mulheres mostram cada vez mais a sua eficiência e valor. Mas ainda são minoria nos espaços de poder. Recebem menos que os homens ao desempenhar a mesma função. Ainda são “menos confiáveis” para obter investimentos na hora de empreender. Continuam sendo questionadas sobre a capacidade de dar conta dos filhos e do trabalho. Ainda são vítimas de relacionamentos abusivos e do feminicídio atroz.

O 8 de Março não é um dia para homenagens, simplesmente. É dia de reconhecer e valorizar as pautas das mulheres, dar-lhes voz, refletir sobre os atrasos que ainda imperam, abrir caminhos para uma sociedade mais justa e menos desigual. Um dia, com certeza, quando a força da mulher finalmente vencer medos e preconceitos, o 8 de Março será inteiramente um dia de celebração.

A Diretoria Colegiada deseja a todas as fazendárias, servidoras públicas e trabalhadoras do nosso país um Dia Internacional da Mulher de muita reflexão e luta!

:: Convidamos você a acompanhar, ao longo da semana, histórias de mulheres que se destacam. Escolhemos o tema “Mulheres que Incluem” para homenagear aquelas que fazem a diferença na vida de pessoas.

“O Amor…
É difícil para os indecidos.
É assustador para os medrosos.
Avassalador para os apaixonados.
Mas os vencedores no amor são os fortes.
Os que sabem o que querem e querem o que têm!
Sonhar um sonho a dois,
E nunca desistir da busca de ser feliz,
É para poucos.”

Cecília Meireles

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here