Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Saiu na Imprensa

  26/12/2017   

Sua conta de luz mais cara em 2018

A previsão de alta de até 9,4% nas contas de luz no País, em 2018, representa um aumento real de 5,4%
 
Para 2018, além do aumento de 5,7% na tarifa de água do cearense, a conta de luz ficará mais cara. A previsão é de elevação de até 9,4% nas contas de luz no País, variando de acordo com a distribuidora de energia. Considerando a inflação oficial de 4% para o próximo ano, o aumento real chega a 5,4%.
 
O estudo para determinar essa média de aumento é da TR Soluções, especializada em tarifas de energia elétrica, e foi divulgado ontem pela Folha de S. Paulo. O presidente da Câmara Setorial de Energias Renováveis e consultor de energia da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Jurandir Picanço, destaca que essa é uma estimativa de reajuste médio, porque os individuais são por concessionária e em meses diferentes ao longo do ano.
 
“Eles (TR Soluções) devem ter simulações levando em conta muitos fatores, como o hidrológico, e o aumento de R$ 16,4 bilhões na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE)”, comenta.
 
Picanço explica que só o reajuste da CDE terá um impacto de 0,77%, no Norte e Nordeste, e de 2,72% no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A conta é usada para cobrir subsídios na tarifa social, conta de combustível da Região Norte que produz energia à diesel, pagos por todos os consumidores brasileiros. Para ele, o aumento da tarifa de energia elétrica é uma notícia ruim, porque o que se espera sempre é a redução ou que ela acompanhe a inflação.
 
Ele avalia que esses aumentos estimulam, justificam e viabilizam, cada vez mais, a decisão do consumidor de produzir a própria energia. É o chamado mercado da energia distribuída, produzida a partir da instalação de painéis solares, turbinas eólicas etc, que deve crescer.
 
Energia x economia
 
A consultoria GV Energy prevê que, em 2018, a tarifa média de energia suba ao redor de 12%, ante volume de chuvas que deve se situar entre 90% e 100% da média histórica até o fim de abril. O diretor da empresa, Pedro Machado, disse à Folha que o viés é de alta se o crescimento econômico superar 2,6%.
 
Os economistas consultados pelo Boletim Focus, do Banco Central, já apontam alta de 2,7% para o Produto Interno Bruto (PIB) do ano que vem. O presidente da Associação dos Grandes Consumidores de Energia (Abrace), Edvaldo Santana, também se preocupa com o efeito de um possível aumento do consumo de energia sobre preços, principalmente para a indústria.
 
Os principais reservatórios no Nordeste e no Sudeste, afirma Santana, estão nos níveis mais baixos da história. Jurandir Picanço concorda que a situação é preocupante.”É um raciocínio lógico. Se a demanda é maior e existe escassez, os preços sobem”, afirma, considerando que as chuvas de janeiro a março que vão definir o quadro. (Colaborou Artumira Dutra)
 
Fatores para o aumento da tarifa de energia acima da inflação
 
Regime de chuvas abaixo do esperado. De janeiro a abril - o período considerado chuvoso-, as principais hidrelétricas brasileiras devem gerar em média o equivalente a 85% da energia que vendem, de acordo com a TR Soluções. Se as chuvas não ajudarem e as geradoras produzirem abaixo disso, as tarifas poderão subir ainda mais.
 
A Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que inclui subsídios como o programa Luz para Todos e a tarifa social de energia, deve subir mais de R$ 3 bilhões, passando de R$ 9,3 bilhões neste ano para R$ 12,6 bilhões em 2018
 
Marcadores: tarifa conta luz
Fonte: O Povo - Economia
Link: https://www.opovo.com.br/jornal/economia/2017/12/sua-conta-de-luz-mais-cara-em-2018.html
Última atualização: 26/12/2017 às 10:51:17
 
Nota da Assessoria: O Sintaf não se responsabiliza pelo conteúdo e/ou opiniões emitidas nas notícias reproduzidas nesta área. As notícias aqui disponibilizadas são reprodução de temas de interesse veiculados na mídia.
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente

Comentários

Seja o primeiro a comentar. Basta clicar no botão acima.

Rua Agapito dos Santos, 300 - Centro
Fortaleza/Ce | CEP 60010250

www.igenio.com.br